Header Ads

Sessão HUPEpoca! Filme: O Show de Truman

Olá, querido leitor do Hupe!

Você provavelmente já deve ter ouvido falar desse filme, mas talvez não tenha se atentado aos temas profundos que ele aborda.
Embora tenha mais de 13 anos, o filme O Show de Truman traz à tona uma discussão atual sobre os valores que uma sociedade regida pelos padrões da televisão e da grande mídia pode ter. Retrata com um certo tom sarcástico, o aprisionamento dos homens diante das imposições da mídia, e o seu inconformismo diante de uma vida sempre igual, regida pelo sistema capitalista, que molda a vida das pessoas apenas em benefício próprio.



No filme, conhecemos Truman (Jim Carrey), que seria um homem comum, vivendo em uma pequena cidade, se não fosse o fato de que, na verdade, ele é a estrela de um programa de televisão que acompanha a sua vida sem que ele saiba, 24 horas por dia, 7 dias por semana. O Show de Truman é o programa de televisão mais assistido do mundo e já dura 30 anos: acompanhou todos os dias da vida do personagem principal, desde seu nascimento, os primeiros passos, a escola, o casamento.
O mundo de Truman é perfeito: uma bela casa no pequeno paraíso de Seaheaven, uma esposa linda, um amigo fiel, vizinhos educados. Porém, o que ele não sabe é que todas as pessoas ao seu redor são atores, a cidade não passa de um cenário gigantesco todo controlado por computadores. Tudo, absolutamente tudo, na vida de Truman Burbank é controlado pelo produtor do programa, Christof (Ed Harris), que manipula cada detalhes - da equipe de atores até a condição climática da cidade - para que o Truman Show se mantenha no ar.



Vivendo dias sempre iguais - ele acorda com o sol que nasce em Seahaven, despede-se da esposa, cumprimenta os seus bons vizinhos, passeia pelo tráfego civilizado rumo ao seu trabalho como corretor de seguros e, à noite, troca confidências e toma cervejas com seu amigo Marlon -, um dia Truman percebe que algo está errado. Sutis incoerências, pequenos descuidos dos figurantes e até a falta de espontaneidade da sua esposa, fazem com que Truman perceba que o mundo está ao seu redor, tramando para que ele sempre permaneça dentro daquela "bolha", segura e inóspita.



Jim Carrey está fantástico no papel principal. É ele o responsável pelo equilíbrio entre os momentos engraçados e os de conformismo e descoberta. Ed Harris como Christof, faz com brilhantismo o papel do onipresente e onipotente produtor do show.

Dirigida por Peter Weir, esta história tão bem elaborada nos faz perguntar até onde vai a influência da mídia nas nossas vidas. Truman é um prisioneiro dentro da sua própria vida, feito refém não só pelo produtor do programa, mas pelos milhões de telespectadores que o assistem todos os dias. Assim, nos perguntamos: até onde somos aprisionados? Até onde somos prisioneiros? A mídia nos dá o que queremos ou nós é que aceitamos tudo o que a mídia nos oferece?

É por levantar questões assim, que esse filme merece ser visto e discutido!

Abaixo segue o trailer do filme (não consegui achar legendado).





Ficha Técnica
Título Original: The Truman Show
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 102 minutos
Ano de Lançamento: (EUA): 1998
Estúdio: Paramount Pictures
Direção: Peter Weir
Roteiro: Andrew Niccol
Produção: Edward S. Feldman, Andrew Niccol, Scott Rudin e Adam Schroeder
Música: Philip Glass e Burkhart von Dallwitz
Direção de Fotografia: Peter Biziou
Figurino: Marilyn Matthews
Edição: William M. Anderson e Lee Smith
Efeitos Especiais: The Computer Film Company / Cinesite Hollywood / EDS Digital Studios





Espero que você goste tanto quanto eu gostei!

Até a próxima!

Saudações Hupe!
Hupe Hupe Blog é uma idéia original de Mariana Sobreiro. Layout desenvolvido por Alex Coimbra. Tecnologia do Blogger.