Header Ads

Sobre

O INÍCIO

Em agosto de 2010 surgia o Hupe Hupe Blog. A princípio, apenas um baú de recordações. Um lugar onde alguns amigos poderiam escrever o que quisessem, para dividir seus momentos de lazer, seus pensamentos, suas alegrias. A idéia inicial é de Mariana Sobreiro, que a esta altura já possuía seu próprio blog particular, mas almejava voos mais altos. Queria não só compartilhar, mas ler as partilhas de todas as pessoas que faziam parte do seu grupo de amigos.
Ainda antes desta época, em todas as reuniões com os amigos, havia o momento "hupe", onde todos se concentravam, alguém contava até 3 e juntos gritavam: HUPE! Não havia de fato um significado. Era apenas algo parecido com um grito de guerra. Porém, esta palavrinha complicada e sem origem gramatical caiu no gosto dos amigos, passando a denominar o grupo então formado por Leandro Agostinis, João Paulo Pexe, Carlos Polachini, Alex Coimbra, Karen Lee, Michele Ribeiro, Thiago Farias, Andréa Farias, além da própria Mariana Sobreiro, idealizadora de tudo.
Mas na vida tudo tem seu tempo, e a turma Hupe perdeu contato. Alguns trabalhando, outros estudando, outros namorando... alguns não tinham tempo para as próprias atividades, quanto menos para manter as antigas reuniões de amigos. Foi neste momento que Mariana Sobreiro teve o insight de criar o Hupe Hupe Blog. Era a única forma de todos continuarem unidos, ainda que de maneira virtual.
No começo do blog, haviam constantes atualizações, sempre mantendo a regra de que só poderia haver uma nova postagem se a última postagem chegasse a 10 comentários no mínimo. No blog surgiam desde postagens com vídeos produzidos na rua, viagens de férias, até cobertura de grandes shows pelo Brasil, como o SWU, Turnê U2 360º e apresentações do Paul McCartney no Morumbi. Invountáriamente o Hupe descobriu uma vocação para ser mais do que um baú de recordações. Poderia ser um grande centro de cultura jovem e entretenimento.


2010 - 2011

O blog parecia estar a cada dia mais consolidado. Todos os dias conseguíamos novos seguidores, comentários de pessoas diferentes, ideias novas e a motivação era grande. Mas a falta de tempo imperava. O Hupe passou a ficar constantemente desatualizado, uma vez que nenhum dos amigos hupes tinha mais tempo para publicar algo novo. Pouco a pouco o blog foi ficando esquecido, até o fatídico mês de abril de 2011. Numa noite deste mês, reuniram-se Mariana Sobreiro, Alex Coimbra e João Paulo Pexe, conhecidos como "os titulares do Hupe" (por serem os que mais postavam e se empenhavam na divulgação do site) para decidir os rumos que o blog iria tomar. Depois de muita conversa, o Hupe deixou de ser apenas um blog para tentar ser um Portal. Com isso, precisariam de novos colunistas, novos assuntos, novo layout e muito tempo disponível. A ideia era de fato ótima, mas os meses subsequentes mostraram que não ia ser fácil. Foram mais 2 longos meses sem uma única atualização, e tudo indicava que o Hupe havia acabado.
A ótima Mariana Sobreiro, formada em Relações Públicas (e Meio Ambiente também), colocou o networking em ação e foi garimpar talentos que pudessem somar ao blog. E não precisou de muito esforço para encontrar Stephanie Lauria. Exímia fotógrafa, Stephanie retratou com suas lentes de maneira brilhante a cobertura hupe da VII FESTA DO IMIGRANTE em Cosmópolis. Não havia mais dúvida. Stephanie tinha o perfil que o Hupe procurava. Gentilmente ela aceitou o nosso convite e passou a integrar a equipe de autores do Blog Hupe.



2012
Preocupados com o não andamento do blog,  inovamos ao publicar algumas tirinhas de meme, grande febre da internet. As tirinhas saíam completamente do contexto original do blog, mas a esta altura qualquer artifício possível para reativar o site era válido. A ideia deu certo. Nossos amigos (e os amigos deles) gostavam dos memes. Finalmente o blog tinha tomado um novo fôlego. Era um público novo que estava acessando o blog, e aquele velho contexto de "baú de recordações" virou apenas uma recordação. O Hupe havia assumido definitivamente seu novo rumo: o de se tornar um site de entretenimento.
Várias reuniões aconteceram, e ficou decidido que mais do que divertir, o blog precisaria formar e informar. Tudo com uma linguagem jovem, diferente do que os grandes jornais fazem. O desafio era ser um meio termo entre jornal e entretenimento.


2013 - 2014

A falta de tempo não havia deixado de ser um problema. Com empregos em cidades diferentes e aquela correria típica, o blog foi ficando de lado e as atualizações foram se tornando raras. Embora tivéssemos um foco grande em divulgar a agenda cultural da RMC, já não conseguíamos estar nos eventos, fotografando e fazendo nossos vídeos. Assuntos diversos foram entrando nas pautas das publicações, até por uma questão de facilidade. No final de 2014 o Blog Hupe entrou num grande hiato que duraria dois anos.


2017

Apesar de ficarmos tanto tempo sem novos posts, continuamos a receber uma media de 5 mil visitas por mês durante todo este tempo. A maioria das pessoas que acessaram nosso site neste período o fizeram justamente por conta das publicações de assuntos diversos. Exatamente as pautas que usávamos quando já não tínhamos tempo para fazer a cobertura dos eventos culturais. Por respeito a estas pessoas que nunca nos abandonaram, o Blog Hupe voltou a ser atualizado. Recebeu um novo layout, mais moderno, revivendo o velho desejo de ser um elo de informação e entretenimento para o leitor. O que vai acontecer depois, não sabemos. Mas estamos aqui.


Objetivos

O HUPE HUPE Blog passou a ser conhecido como Blog Hupe. Mais fácil, mais direto. Ganhamos, em setembro de 2011, nosso novo endereço na rede. Estávamos crescendo e precisávamos nos tornar um site ".com.br" o mais rápido possível. Exatamente no dia 26 de setembro de 2011 entrou no ar o endereço www.bloghupe.com.br (e desde então o endereço nunca ficou um único dia fora do ar). Orgulho para nós, da equipe Hupe. Uma conquista pequena, mas necessária para alcançarmos os nossos atuais objetivos. Hoje o Hupe tem sua diretriz voltada para informação com entretenimento. Cobrimos, durante muito tempo, eventos culturais realizados na nossa região. No caminho, conhecemos muita gente. Queremos atingir o adolescente e o adulto que sabem que a internet pode mostrar a sua realidade, e não a realidade distante que acostumamos a ver na televisão, no rádio, nas revistas e nos jornais. Esta é a grande graça da internet. Aqui, todos somos formadores de conteúdo. E por este motivo, nada é mais justo do que ser o blog que é a sua cara. O blog que fala sobre o seu contexto, na sua linguagem.

Saudações Hupe!
Hupe Hupe Blog é uma idéia original de Mariana Sobreiro. Layout desenvolvido por Alex Coimbra. Tecnologia do Blogger.